BANNER

Apresentação

Pelo segundo ano consecutivo, a Extremadura torna-se palco de intercâmbio e conhecimento tecnológico, celebrando o Segundo Encontro Setorial sobre Bioeconomia: Eurocasta 2018.

A Bioeconomia como oportunidade e alternativa viável para alcançar uma economia que alcance o crescimento econômico, garantindo o uso racional dos recursos naturais, é o compromisso que a Junta de Extremadura adquiriu por se tratar de um setor estratégico e emergente para a região.

Nessa ocasião, o leitmotiv sobre o qual se realizará este Encontro é o “Castanheiro”, coincidindo com o IX Congresso Europeu do Castanheiro, Eurocasta 2018, a fim de promover a conscientização da importância da sobrevivencia desta espécie no Enquadramento europeu e a colaboração das regiões produtoras, como medidas de defesa do setor e estabelecimento de estratégias conjuntas para a transferência de conhecimento e trabalho.

A Eurocasta 2018 será enquadrada no II Encontro de Bioeconomia da Junta de Extremadura com os seguintes objetivos:

  • Transmitir ao setor da Castanha, agricultores e tradings, a realidade do setor de Castanhana Europa em um nível produtivo, comercial e de transformação.
  • Aprofundar em novas técnicas de cultivo como modelos a serem seguidos e implementados na área.
  • Expor o modelo cooperativo como um caso de sucesso na transferência da cadeia de valor para o setor primário.
  • Mostrar ao setor como a castanha é trabalhada na fábrica de embalagens da Associação Cooperativa Valle del Jerte, para colocar o produto na linha fresca de consumo com marca própria, oferecen do produtos de qualidade, seguros e respeitosos com o meio ambiente.
  • Mostrar os últimos avanços no cultivo de castanha no norte de Cáceres.
  • Promover a colaboração entre as regiões produtoras.
  • A defesa do setor através do estabelecimento de estratégias conjuntas de transferência de conhecimento.

Os Encontros Europeus da Castanha são anuais e são organizados pela AREFLH (Assembleia das Regiões Europeias produtoras de Frutas e Hortícolas) desde o ano 2010, que é uma associação europeia criada em 2000 por iniciativa dum grupo de regiões espanholas, francesas e italianas e representa a voz das regiões produtoras de frutas e vegetais e hortícolas e suas organizações de produtores na Europa.